Tudo ou nada

3QUAD

O segundo filme que assisti foi Tudo ou Nada (All or nothing) do diretor inglês Mike Leigh.

Esse diretor é o mesmo do ótimo Segredos e Mentiras (Secrets and Lies) e do recente Simplesmente Feliz (Happy-Good lucky), ambos comentados aqui no blog.

Mike Leigh tem me impressionado bastante – não é um diretor qualquer – seus filmes, apesar de simples, tem uma carga emocional muito forte – são filmes pesados, de certa forma – e vão fundo nas relações humanas – ele acaba por tratar um mal que atinge milhões de pessoas no mundo, a solidão.

Nesse filme em especial, ele mostra o dia-a-dia de um condomínio numa área pobre no sul de Londres. Retrata três famílias e seus dilemas. o filme é meio depressivo, silencioso em muitas partes, agressivo em outras, mas extremamente sensível.

O interessante é que tudo ali é muito real. Famílias que convivem entre si e não se conhecem. O silêncio entre os familiares, as relações distantes, o casamento que já acabou a anos, o não diálogo, a falta de vida, o tédio. Tudo isso está ali retratado de uma maneira pesada – assisti o filme em etapas.

Achei brilhante – uma fotografia bem inglesa e atores ótimos – aliás, sensacionais. Muito real. Recomendo.

all

Uma das atrizes do filme.

arts-graphics-2007_1176848a

O diretor Mike Leigh com os atores do filme em Cannes.

Anúncios

Um pensamento sobre “Tudo ou nada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: