O último metrô

Le dernier métro

Ontem assisti – finalmente – O último metrô (Le dernier métro) – filme de François Truffaut de 1980, com Catherine Deneuve e Gérard Depardieu.

O filme com trilha sonora de Edith Piaf tem como pano de fundo a ocupação do Norte da França pela Alemanha em 1942 – quando a perseguição aos judeus em Paris chegou ao seu ápice.

Durante a guerra, o Theatre Montmartre é a principal casa de espetáculos dos franceses, naqueles difíceis tempos de guerra.

O teatro é dirigido por Lucas Steiner (Heinz Bennent), um bem sucedido empresário judeu, que supostamente encontra-se fora do País. Na ausência de Lucas, sua esposa Marion (Catherine Deneuve), dirige o teatro.

Ela contrata para a nova peça o ator Bernard Granger (Gerard Depardieu). Para dirigi-lo em cena, Marion se socorre das orientações de seu marido, que, na verdade, está escondido no porão do teatro.

Catherine Deneuve está perfeita na pele de uma mulher fria, distante, que esconde seus sentimentos a todo custo. Me lembrou um pouco Isabelle Huppert em seus filmes – será que é uma característica tipicamente francesa? Chego a pensar que sim!

Truffaut na época foi criticado, mas ele alegou que não faz filmes políticos, faz apenas filmes. Segundo meus amigos franceses, ser judeu na França até hoje não é muito fácil.

Essa época realmente foi um terror e saber que isso não aconteceu a tantos anos assim é de assustar. Visitei o principal museu em memória ao holocausto (o Yad Vashem em Jerusalém, Israel) e foi o lugar mais emocionante que já pisei até hoje. Lá a gente percebe como o ser humano pode ser cruel, vil. O acervo do museu é enorme, com roupas, fotos, objetos pessoais de judeus mortos em campos de concentração, depoimentos de sobreviventes – aliás, várias salas reproduzem o terror daquela época – além de vídeos de Hitler e nazistas com suas propagandas anti-semitas.

Outro museu que segue a mesma linha e que tive a chance de visitar foi o Museu Judaico de Berlin, aliás no meio da cidade (próximo ao Portão de Brandenburgo) se encontra o Memorial do Holocausto com uma espécie de túmulos em diversos tamanhos num espaço de um campo de futebol.

berlin_holocausto

Memorial do Holocausto – Berlim, Alemanha (Entrada Gratuita)

museu_judaico_berlim

Museu Judaico – Berlim, Alemanha. (6 Euros a entrada)

Yad_Vashem-15507

Museu Yad Vashem – Jerusalém, Israel. (Entrada Gratuita).

Anúncios

3 pensamentos sobre “O último metrô

  1. Oi querido, tudo bem?
    Apareci pra te dar um oi… ia fazer uma brincadeira com o cabelón da Deneuve no filme, mas o post está tão bacana que desisti.
    Aliás, o blog está cada dia mais legal, mil informações… eu estou tão desatualizado de cinema, preciso de um upgrade rápido…
    Abração!

  2. Eu de novo. Só pra avisar que agora o Um Milhão é só UM, ummilhao.wordpress.com
    Menos vestidos e mais veneno.
    Abração!

  3. Paulo, que bom que vc apareceu!!! rsrsrss
    Tava sentindo falta do seu blog, poxa!
    Valeu pelos elogios, vou salvar o UM nos meus favoritos.
    Um abraco!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: