As Chaves de casa

lesclefsdelamaisonhaut612

O filme acima chama-se As Chaves de Casa (Les Clefs de la Maison) e conta a história de um rapaz que conhece seu filho depois de 15 anos – uma vez que a mãe do menino havia falecido – e se não me engano o pai era o único parente próximo.

Porém, a criança é deficiente; e necessita de cuidados especiais constantes e de um tratamento em um hospital na Alemanha, o pai, inseguro em relação ao fato, acaba aproximando do filho num drama muito bem fundamentado (com uma certa influência de Bergman).

O filme conta ainda com uma bela participação de Charlotte Rampling, sempre genial, que também tem uma filha deficiente em tratamento no mesmo hospital. Charlotte se aproxima do rapaz e com ele divide sentimentos dúbios sobre as dificuldades de lidar com filhos especiais.

Em uma das cenas mais fortes do longa, a personagem de Charlotte se culpava por no fundo sentir uma certa vontade de que a filha morresse logo e com isso, se libertasse da responsabilidade que consumia sua vida por mais de 20 anos. Achei forte essa cena, que tem algo parecido em Sonata de Outono do sueco Bergman (a frase é a mesma, by the way).

O filme é bonito, reflexivo, fala de culpa, de amor, de descobertas e das nossas deficiências, algumas físicas, outras mentais. Bem interessante. Fez sucesso no Festival de Cannes de 2004.

Recomendo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: