A magia do cinema

all_about_eve_1

Hoje recebi um comentário simpático de uma das leitoras do blog, elogiando o trabalho que tenho feito, desde que decidi tornar o espaço voltado ao cinema, mais precisamente ao cinema-arte. Uma das vantagens do mundo virtual certamente é a interação entre pessoas de diversos lugares, que dificilmente se encontrariam. E debater é sempre bom! Receber um elogio então, melhor ainda.

O cinema, para mim, é a forma mais fácil de chegar nas pessoas. E a mais rápida também, já que o hábito da leitura não é o nosso forte (principalmente se compararmos aos europeus). Culpo isso pela força da telenovela (entretenimento que já aboli a tempos – nem lembro a última novela que acompanhei – mesmo porque a qualidade piorou consideravelmente).

Mas voltando ao assunto, para saber mais sobre a cultura de determinado país, nada como começar pelos seus cineastas, a visão deles são sempre as mais interessantes.

Muitos brasileiros reclamam que o Brasil só exporta pobreza, miséria e violência, vide filmes como Central do Brasil, Cidade de Deus e Cidade dos Homens. Mas cá entre nós, por acaso algum deles mentiu sobre a situação do país? Basta dar uma volta no Rio de Janeiro e no Nordeste, daí concluímos – que apesar de triste – a nossa realidade é retratada de uma forma bem verdadeira.

Acho interessante ao visitar um país, conhecer um pouco do seu cinema – passear por Madri ou Barcelona – e se lembrar dos filmes do Almodóvar é ver a cidade de outra maneira. O mesmo acontece com NY e Woody Allen, são quase sinônimos.

O bom do cinema é prestar atenção em todas as suas referências – e porque não – reverências. Preste atenção nas locações, na trilha sonora, nos livros que aparecem em cena, nos filmes que os personagens assistem, no modo que os atores se vestem, nos diálogos, nas citações, na fotografia – nada ali é por acaso. E se assistir o filme em dvd – assista aos extras, leia as críticas, acompanhe – e em breve será um apaixonado pela 7ª arte.

Ah, o blog está prestes a completar 10.000 acessos desde que adotou essa nova formatação.

Anúncios

3 pensamentos sobre “A magia do cinema

  1. Olá querido!
    Realmente esta mudança que vc fez no blog ficou muito bacana….dá para perceber o seu amadurecimento na 7ª arte, onde seus posts ficaram mais elucidaditivos e críticos na medida certa, mas não deixando de ter um viés pessoal.
    Tudo de bom!!
    Continue assim, sendo essa pessoa especial que fala de filmes especiais!
    ps: me sinto em casa no seu blog pq amo a França e amo Woody Allen/Almodóvar ;)!

  2. Acho que já vi A Malvada umas cinquenta vezes (onde mais eu ia aprender as minhas frases?). Adoro essa cena da foto, no final do filme, logo depois da Anne Baxter ter ganho o prêmio, toda fazendo a fofa-falsa: “… e eu nem sei onde vou colocar esse prêmio tão importante…”. Daí logo depois vem a Bette com aquela cara que eu adoraria ter, e fala: “Meu amor, não se preocupe, pode colocar essa joça no lugar do seu coração, pra encher o vazio”.
    Adoro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: