O Retrato de Dorian Gray

gray

Ontem finalmente terminei de ler “O Retrato de Dorian Gray”, clássico do escritor inglês Oscar Wilde. O livro é genial, com diálogos impressionantes e uma história surpreendente e atual – onde se discute o valor da juventude. “A beleza torna as pessoas príncipes” já diria Lordy Henry, um dos personagens centrais da trama.

Dorian Gray é um rapaz belíssimo da alta sociedade. Ele posa para um amigo que é pintor: Basil Hallward. O retrato fica belíssimo e ao vê-lo Dorian exprime o desejo de que o quadro pudesse envelhecer e ele continuar eternamente com seu rosto jovem. Mal sabe ele que seu desejo é atendido e que sua vida sofrerá muitas mudanças.

Com as influências de um amigo, Lorde Henry, Dorian se torna egoísta, devasso e mau. No entanto, seu rosto continua com os traços angelicais dos seus 18 anos. Da boca do personagem Lorde Henry percebemos como Oscar Wilde via a vida e o autor declara em seu prefácio que “Vício e virtude representam para o artista a matéria prima da sua arte”.

Pois bem, está em processo de edição – o filme baseado no livro. Duvido que supere, mas a escolha do elenco – todos atores britânicos – foi correta. Deve ser lançado em breve.

Estou louco para conferir. Mas recomendo ainda mais o livro – realmente um clássico da literatura.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: