Hell

hell_2

Quando Lolita Pille, uma jovem escritora francesa lançou o livro Hell, o mundo inteiro ficou chocado em como boa parte da juventude está perdida.

Drogas, bebida, consumo desenfreado, noitadas, sexo com estranhos, vazio existencial, abandono fazem parte do livro, meio autobiográfico, onde a personagem principal era um alterego da escritora.

O livro, traduzido em mais de 10 idiomas, acabou virando filme. Hoje assisti com as legendas em português (já havia assistido sem) e pude tirar as minhas impressões sobre o filme. Fraco. Bem fraco, aliás. Mas vale para quem leu o livro. Uma cena ou outra engana. Mas em geral, erraram na dose.

A história se perde e os diálogos são forçados, faltou uma narrativa interessante, um roteiro mais trabalhado. Achei estranho o filme ter sido lançado no Brasil depois de tanto tempo.

Sarah Forestier como Hell deixa a desejar, interpretação forçada – daquelas que não convence mesmo. O livro, no caso, é bem melhor.

Pelo visto, os atores foram escolhidos pela beleza e não pelo talento. Uma pena, já que como disse, material para um filme bacana eles tinham.

Anúncios

Um pensamento sobre “Hell

  1. O tema tratado é interessante porque faz parte do nosso cotidiano, entretanto a forma como é contada no livro e representada no cinema deixam muito a desejar. No livro os acontecimento relatados, na maioria das vezes de forma bizarra. No filme a história ficou dispersa. Os diálogos são estanques, parece que não fazem parte de uma história.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: