Viajando com amigos, por Danuza Leão

israel-067

Duas pessoas se adoram, vão viajar juntas e não dá certo. Acontece. Uma adora comer bem, a outra não liga e quer emagrecer. Uma adora compras, a outra detesta olhar vitrines. Uma acorda já querendo ir para a rua, a outra precisa de um tempo. Uma entra nos toaletes dos cafés o dia inteiro, enquanto a outra espera na calçada, impaciente. E gente que quer visitar igrejas, monumentos? E gente que pede:”Tira uma foto minha perto da Torre Eiffel?”
 
Em viagem, as pessoas ficam muito tempo juntas, para não dizer o tempo inteiro. Até casais casadérrimos passam a ter uma convivência muito maior do que na cidade onde moram, e o que não é problema em circunstâncias normais vira uma complicação quando se viaja. E aqueles que ficam indecisos para escolher uma roupa, um cinema, até mesmo um prato no restaurante? E gente que não quer ficar sozinha nunca? E gente que quer voltar na loja para trocar uma compra feita dois minutos atrás? E gente que não tem paciência para nada disso?
 
Olha, é bom pesar tudo isso antes de embarcar. E gente que está sempre muito cansada? E gente que não se cansa nunca? E gente que não fala língua nenhuma? É uma delícia ter amigos na cidade em que se está, mas cada um no seu hotel, chegando e voltando em aviões diferentes para descaracterizar qualquer tipo de compromisso.
 
Difícil duas pessoas de situação econômica muito diferente viajarem juntas sem problemas. Alguém vai ter que sair do seu padrão, e não será, seguramente, a mais pobre.
 
Viajando com amigos, seja super correto com as contas. Divisão de despesas, taxi, lanches. Procure ter sempre notas de diversos valores, para evitar aquele:”Me empresta 30 U$, depois te pago”. Às vezes esquecemos de devolver esses pequenos empréstimos, até mesmo por serem pequenos. E se sua amiga esqueceu, é boa a hora de dizer “Você me deve 30 U$”. As boas contas fazem os bons amigos.
 
Anúncios

4 pensamentos sobre “Viajando com amigos, por Danuza Leão

  1. Verdade, Ricardo! Dai vem o ditado popular “Se quiser conhecer bem uma pessoa, viage com ela”!!!!
    Eu viajo sempre com minha filha e felizmente nos entendemos super bem inclusive nessas ocasiões, graças a Deus!
    Boa viagem, viu?

  2. Adorei! Indentifiquei umas viagens que fiz em algumas passagens do texto. Ou vc volta amando a pessoa… ou volta querendo férias do companheiro de viagem!

  3. Olá Rico! (vou te chamar assim, pois acredito que a esta abreviação do seu prenome revela o que vc é – uma pessoa rica de alma ;-)!
    cheguei por aqui depois de ler um comentário seu no conexão paris e gostei muito do que vc falou. Então, eis me aqui.
    Amei o seu cantinho, com relato pessoal e cheio de dicas!
    Faz um casamento perfeito com o conexão, pois este dá as linhas gerais e vc dá as cores, sabores e cheiros dos lugares….Parabêns!!!
    Ótimo Natal e 2009!!!
    Agora este blog vai ser uma leitura diária a partir de hoje!
    Abraços

  4. Já fui para a Europa com + 4 amigas e…… em certas horas foi terrível. Coordenar vontades de 2 pessoas tudo bem, mas imagine 5. O quinto elemento era uma mala, prima de amigas que foi colocada no grupo no final. Era um estorvo, chata, enrrolada e ainda atrapalhava na divisão dos quartos e condução. Agora penso muito qdo me convidam ou qdo planejo uma viagem com “amigos”. Ele pode virar um inimigo conhecido assim que vc desembarca.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: