ISRAEL, TERRA MAIS DO QUE SANTA

Quando decidi conhecer Israel, muita gente ficou assustada. Era comum as pessoas perguntarem: “Mas por que, Ricardo?”, “E a Guerra?”, “Você não tem medo de bomba ou de um ataque terrorista?”.
 
De verdade, nunca tive medo de nada disso. E a viagem foi só a prova de que Jerusalém e Tel Aviv são muito mais seguras que Brasília, onde moro, ou o Rio de Janeiro.
 
Cheguei de viagem, e 1 semana depois, já tinham arrombado meu carro e levado meu som. Isso debaixo do prédio com toda a “segurança” que o meu condomínio garante.
 
Mas como estamos aqui para falar de viagem e não de violência, seguem algumas dicas imperdíveis do lugar onde tudo começou.
 
1) SHEINKIN STREET 
Essa rua moderninha já serviu de cenário para o filme cult “Bubble” do cineasta Eithan Fox, que estava em cartaz nos cinemas no ano passado. Possui inúmeros cafés, lojas descoladas, design, galerias de arte, restaurantes incríveis para ver e ser visto (como o Orna and Ella, 33 Sheinkin St). Fique atento às lojas de música. São ótimas e com uma variedade de deixar a Fnac morrendo de inveja (comprei cds super bacanas).
 
2) TEL AVIV PORT 
Tá na Wallpaper, na Time Out, o porto de Tel Aviv é um programa imperdível para quem visita a cidade. Com pencas de restaurantes modernos, é lugar certo de gente bonita, comida e bebida boa. E sempre tem um som rolando de fundo que te transporta para um mundo bem longe do que estamos acostumados.
 
3) OLD CITY WALLS 
Western Wall (Kotel – Muro das Lamentações), Al-Aqsa Mosque e a Dome of The Rock (Mesquita Dourada). Jerusalém, programa obrigatório, claro! O Muro em dia de domingo é uma atração a parte, com pencas de judeus ultra-ortodoxos rezando o dia inteiro. Para chegar lá, pegar ônibus nº 1 saindo da Central Station. Lembro que Israel é um dos lugares mais fáceis de se locomover. Os ônibus são todos numerados e bem explicativos. Entrada gratuita.
 
4) YAD VASHEM HOLOCAUST HISTORY MUSEUM 
Museu em Memória ao Holocausto. Impressionante. Talvez o que mais tenha me chamado atenção na viagem. A reprodução dessa triste História é contada em várias salas, com objetos pessoais das pessoas mortas pelos nazistas (malas, roupas, máquina de escrever, fotografias, louças). Além de depoimentos de sobreviventes. Emocionante. Me arrependeria amargamente se não tivesse conhecido. Fica em Jerusalém. Para chegar lá, pegue o ônibus nº 20 saindo da Central Station. Entrada Gratuita, e mapa do museu (10 shekels).
 
5) BAUHAUS TEL AVIV 
Chamado de cidade branca, é um bairro de Tel Aviv para os amantes de arquitetura, patrimônio cultural da humanidade, vale a visita pela beleza, charme do lugar. Fica em Rothschild Boulevard). Para chegar lá, ônibus nº 5.
 
6) MASADA E DEAD SEA 
Mar Morto, programa genial. Ficar o dia inteiro boiando e se jogando na lama. Dizem que faz um bem danado à pele. Cuidado para que a água não entre nos olhos (salinidade nas alturas) e assim o programa acabe com o dia.
 
7) SHUKS ÁRABES 
Os mercados árabes em Jerusalém são incríveis. Lá se encontra de lenço palestino (os legítimos, com carimbo e tudo) às nossas havaianas. Passando por comidas, incensos. Dica legal de presente: as pashiminas são super bacanas, e tem o melhor preço; artigos religiosos (menorás, terços, mãos judaicas, etc). Uma loucura esse mercado. Um barulho bem 25 de Março nas vésperas do Natal.
 
8 ) ME’A SHE’ARIM 
Bairro em Jerusalém dos ultra-mega-super ortodoxos, vivem e se vestem como em 1875. Falam Yiddish (uma mistura de hebraico e alemão). O bairro é incrível. Os homens de casaca preta, chapéus e as mulheres de perucas e saias longas e pencas de filhos. Não admitem ser tocados de maneira alguma. Vale a visita!
 
9) BEN YEHUDA STREET 
Rua com lojinhas bacanas, restaurantes, bares, mercados. Foi onde fiquei. Bem interessante!
 
Para se jogar na night:
EVITA -33 Yehuda Halevi Street, um dos bares mais animados de Tel Aviv. Perfeito para uns drinks antes de pegar algum club.
 
Preços em Israel: É um país caro. Com 100 Euros se compra 520 shekels. 1 U$ = 4 Shekel
 
Uma cerveja custava de 12 shekels até 30 shekels. 
Uma entrada de boate 60 shekels. 
Uma salada 50 shekels. 
1 hora de cyber café – 15 shekel 
Passagem de ônibus – 5,7 shekels 
Passagem de ônibus Tel Aviv – Jerusalém – 18,50 shekels (40 minutos, sai da Central Station)


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: